sexta-feira, setembro 19, 2008

sera que as pessoas entendem o que se esta a passar?

Hoje a ler um blog li um comentario do genero, ai o estado anda prai a apoiar estes grandes bancos e tal e se fosse eu nao me apoiava.

Eu pergunto-me seriamente se o pessoal nao se apercebeu que o estado, os estados alias, estao a tentar salvar o sistema financeiro global? que se deixarem cair uma seguradora a coisa vai ficar preta em muitos paises do mundo? que a coisa afectaria nao so os desgracados que apanharam com o Ike em cima, mas tambem provavelmente todas as instituicoes financeiras do mundo? Afectaria provavelmente todos nos, porque todos contribuimos pra seguranca social ou para pensoes, e que essas sao investidas tambem em mercados financeiros? Isto e, alguem se apercebe que isto podera afectar o que a vossa avozinha leva pra casa ao fim do mes como reforma?

Ou sera que anda prai muito inconsiente um tanto ou quanto autista que ainda nao ser percebeu da grande merda em que estamos e das consequencias de tudo isto?

5 comentários:

Boo disse...

Eu penso que talvez as pessoas nao compreendam o quao a economia global depende de um banco que pode nem se situar no nosso pais. Eu pessoalmente nao compreendo e com as crises que ja aconteceram no passado(e confesso que nao sou expert), como e que os banco novamente se enlacam de uma forma em que se um sai/cai o resto comeca a sofrer e corre o risco de cair tambem. Caramba ha ser guloso e a ser responsavel. Tens toda a razao ao dizeres que quem pode vir a sofrer sao os paises ais pobres, avozinhas e etc, e os cabroes que foram descuidados?Que ganharam o bonus?

Miguel disse...

A maioria da populacao tem um QI signficativamente abaixo da média. E se achares que o QI é discriminatório, substitui qualquer outra medida que quiseres. (E a afirmacao é matemamente verdadeira). Dito isso, o problema é a quantidade de dinheiro que estas pessoas ganharam, que é desproporcionalmente maior que o que a maioria dos cidadaos ganha. Daí que haja uma certa ideia de justica divina no momento...

Lua disse...

Não há qualquer dúvida que os estados tenham de ajudar estes bancos. Não se podem é ajudar, nem muito menos desculpar ou justificar, muitos dos que fazem parte destes bancos. O dinheiro é teu e meu, no fundo. Queres financiar irresponsáveis?!

Agora que se salvem bancos, gente miúda e o carago, acho que sim. Como dizia o outro: se assim não fosse andaremos todos a comer credit crunchies ao pequeno almoço!

Mãe Frenética disse...

Descobrimos hoje q um primo do pai frenetica trabalha na Lehman Brothers em NY. E q mal se soube, a senhoria lhe ligou a perguntar se podia alugar o apartamento a outra pessoa. Queridos os americanos, nao sao??

Mocho Falante disse...

sim, de facto anda aí muito caramelo meio adormecido a pensar que isto é brincadeirinha...anda tudo doido é o que é....olha beijos